A ministra da Saúde Marta Temido utilizou esta sexta-feira uma das viaturas oficiais do Governo para se deslocar a uma ação de campanha eleitoral do Partido Socialista. Tiago Barbosa Ribeiro concorre à câmara do Porto e Temido apresentou-se na condição de “militante” na ação, mas na deslocação utilizou a condição de ministra. Ao Observador, o ministério da Saúde confirma a deslocação da ministra ao Porto e a participação num evento de campanha autárquica “à margem desta visita oficial”. Ministra fala em “agendas autónomas” e confirma que andou no Porto com o carro do ministério entre a ação partidária e ação oficial. Em causa pode estar o crime de peculato de uso, diz um especialista ouvido pelo Observador.

A agenda do dia estava sobrecarregada e Marta Temido foi pontual. Pouco passava das 9 horas quando entrou com Tiago Barbosa Ribeiro no café Guarany na Avenida dos Aliados. O problema é que para lá chegar e para dali ir depois para a agenda oficial foi transportada no carro que usa ao serviço do Governo. Aproveitou assim a visita oficial a Vila Nova de Gaia, primeiro, e ao Porto, depois, para dar um salto à campanha do socialista.

Marta Temido nos Aliados, depois do pequeno-almoço com o candidato socialista

(Rui Oliveira/Observador)

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.