816kWh poupados
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

João Ferreira Queimado

Convidado

Artigos publicados

Benfica

SLB, mais uma época frustrante em títulos… porquê

Nunca fechamos os planteis. E a principal razão para os não fechamos é que a política de compras tem mais o foco em acumular jogadores jovens com potencial para virem a ser a próxima venda milionária.
Benfica

Ganhar jogos ou ganhar títulos

O mandato do Presidente Rui Costa tem sido melhor do que muita gente previa. Mas tem que perceber que, como Presidente do SLB, não pode manter a postura do “social porreirismo” que sempre adoptou.
Futebol

Os hábitos de terceiro mundo na Liga de Futebol

Espero que Rui Costa cumpra o seu papel de Presidente e lidere um movimento de Clubes que exija mudanças às entidades oficiais no sentido da transparência, celeridade e eficácia da justiça desportiva.
Benfica

A vitória na Youth League no dia 25 de Abril

Mas será que com um líder pouco experiente e com um histórico como vice presidente ausente é expectável haver independência, liberdade, energia e vontade para um novo caminho, uma nova esperança?
Benfica

Centralização dos direitos televisivos 

O Presidente tem a obrigação, a responsabilidade e a oportunidade histórica de não limitar o futuro do SLB assinando um acordo desastroso de Centralização dos Direitos Televisivos.
Benfica

Cada vez mais a urgência de um rumo

O treinador ideal é o treinador que encaixar na ideia desportiva do clube e que dê resposta às suas opções.Lançar nomes de treinadores a granel sem definir um rumo é adiar de novo o sucesso sustentado
Futebol

Um novo Benfica ou um Benfica adiado?

O atual presidente Rui Costa e ex-diretor desportivo dos últimos 12 anos chega a esta crise institucional do Benfica, qual Rainha de Inglaterra, sem responsabilidade de nada e quase como vítima.
Benfica

Voltar ao desporto, ao benfiquismo e à dignidade

Precisamos de um líder e de uma direcção com carreiras e experiências profissionais sólidas, que tenham conhecimento do passado do Benfica, que venham para servir e não para se eternizarem no clube.
Benfica

Nova época, nova esperança, erros antigos?

Não podemos ignorar que o nosso rival da Segunda Circular foi o campeão da vontade de ganhar e de ser campeão. Nunca vi essa vontade na equipa do SLB desta época.
Benfica

O rumo certo ou o adiar permanente da hegemonia

Somos uma agremiação desportiva e não uma sociedade financeira e a esmagadora maioria dos sócios são adeptos, não accionistas. A nossa vida é construir planteis para ganhar títulos e dar espectáculo.
Benfica

Chama Imensa volta... urgente

É urgente reencontrar o ADN do Benfica e isso faz-se através de pessoas que o conheçam e direcionando a organização para o desporto e para os títulos - e não para os orçamentos.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Para ler este artigo grátis, registe-se gratuitamente no Observador com o mesmo email com o qual recebeu esta oferta.

Caso já tenha uma conta, faça login aqui.

Vivemos tempos interessantes e importantes

Se 1% dos nossos leitores assinasse o Observador, conseguiríamos aumentar ainda mais o nosso investimento no escrutínio dos poderes públicos e na capacidade de explicarmos todas as crises – as nacionais e as internacionais. Hoje como nunca é essencial apoiar o jornalismo independente para estar bem informado. Torne-se assinante a partir de 0,18€/ dia.

Ver planos