758kWh poupados
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

João Pedro Marques

Convidado

Artigos publicados

Politicamente Correto

Vergonha de ser branco

Nas nossas sociedades abertas e democráticas não existem a não ser pontual e transitoriamente situações de regalia. Elas regem-se não pela epiderme ou pelo nascimento, mas pelo mérito que não tem cor.
Sociedade

Os encolhidos

Devido à carapuça que facilmente enfia, a direita no Ocidente sente a estranha necessidade de pedir desculpa ao mundo, uma necessidade que não é simétrica pois o mundo não pede desculpa aos europeus.
Politicamente Correto

Pela porta das traseiras

Após décadas de constantes campanhas de culpabilização do homem branco, muitos ingleses, escoceses, galeses abrem os cordões às bolsas para comprar indulgências por pecados que não cometeram.
Politicamente Correto

Será que pega de empurrão?

É inquietante que haja sectores do governo que adoptam a terminologia e a agenda do wokismo, que o PS esteja muito infiltrado por gente woke, e que, à socapa, essa gente esteja a aplicar a sua agenda
Brasil

Verdadeiramente imbecil

Quanto mais os woke prevalecerem mais irão fazer coisas “verdadeiramente imbecis”, como diria o Presidente Marcelo, e como se vê neste caso da lei carioca que leva à remoção do busto do padre Vieira.
História

A versão africana da História é ingénua ou astuta?

Portugal deve ir pondo as suas barbas de molho. E também pôr de pé uma versão mais equilibrada e verdadeira da História que possa contraditar a que políticos e ideólogos africanos têm posto a circular
Hamas

A compaixão e o dilema

Todos sabemos que foi o Hamas que desencadeou este pesadelo, com a agravante de estar perfeitamente ciente de que estava a desencadeá-lo, mas a extrema-esquerda prefere fingir que não percebe isso.
Israel

A exibição do terror

O que temos aqui é o desejo expresso de mostrar o terror, de o divulgar e tornar conhecido, para que ele produza o seu efeito dissolvente e dissuasor no ânimo e na vontade de combater dos adversários.
Escravatura

Reparações: três tretas para iludir ingénuos

Acreditar que a riqueza e a pobreza são consequência inescapável da escravatura é uma história da carochinha de fabrico académico-marxista que tem sido usada para reivindicações e lutas políticas.
Escravatura

A conta já chegou. São 20 biliões de dólares

Seriam mais de 20 biliões de dólares que supostamente deveríamos ao Brasil. Lembram-se como o nosso Presidente decidiu pedir desculpa pela escravatura e se prontificou a assumir “responsabilidades”?
Escravatura

A culpa do homem branco

Os outros povos não são inferiores. Culturalmente diferentes, sim. As atrocidades que cometem e cometeram são responsabilidade sua, não do homem branco.
Racismo

Silêncios nada inocentes

Julius Malema não irá deixar de cantar a canção que apela à morte dos fazendeiros brancos. Sei o suficiente da extrema-esquerda nacional para interpretar o seu sepulcral silêncio perante estes factos.
Politicamente Correto

O realejo encravado

Para um negro woke os meus argumentos estão errados e não interessam porque… sou branco. Para um woke branco e de esquerda não são de considerar porque sou burguês e de direita.
Escravatura

Tantos enganos, Daniel Oliveira!

Os “crimes escondidos” da escravatura é um tesourinho deprimente da extrema-esquerda ao qual continuam a agarrar-se como lapa a rocha para justificarem a sua lengalenga militante e totalmente falsa.
Escravatura

O memorial. Pergunta a Carlos Moedas

O tráfico é a parte negra de uma história que, noutras vertentes, é luminosa, benevolente e grandiosa. Junto a um Museu dos Descobrimentos, o memorial estaria contextualizado, explicado.
Cultura

As melhores intenções

Restituições a países que têm culturas, códigos de conduta e noções de propriedade e de direitos sobre coisas e pessoas diferentes dos nossos não são assunto de geometria euclidiana, mas de bom-senso.
Politicamente Correto

Reparações históricas: o programa da festa

Vivemos tempos de pesadelo que importa perceber e combater. O wokismo não é uma moda passageira e inócua. Veio para ficar e para tentar perfurar e demolir as mais sólidas paredes da cultura ocidental.
História

Manuais de Roldão

Para facilitar e lubrificar a desejada intervenção estatal sobre a liberdade de propor explicações históricas, Cristina Roldão deita mão ao supremo argumento do racismo, Abre-te, Sésamo dos activistas
Extrema Esquerda

A extrema-esquerda não larga o osso

Os militantes woke, obcecados com a questão da antiga escravatura, fazem agora render o peixe do Conde de Ferreira. A extrema-esquerda quando abocanha não larga.
Exposições

As duas faces do negreiro

As pessoas têm várias dimensões, várias facetas, que podem mudar ao longo do tempo, mas os woke, como todos os fanáticos, só conseguem ver uma delas. Para eles a memória do conde devia ser cancelada.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Para ler este artigo grátis, registe-se gratuitamente no Observador com o mesmo email com o qual recebeu esta oferta.

Caso já tenha uma conta, faça login aqui.