Orçamento do Estado

Orçamento das escolas públicas cai. Despesa com privados sobe

4.292

As escolas públicas vão receber menos dinheiro em 2016 do que aquele que precisaram em 2015 para fazer face às despesas. Já as escolas privadas com contrato com o Estado vão ganhar mais.

MARIO CALDEIRA/LUSA

São menos 82 milhões de euros. É esta a dimensão do corte no orçamento das escolas em 2016. A proposta de Orçamento do Estado para este ano, entregue esta sexta-feira no Parlamento, fala numa verba total de 5.843,3 milhões de euros para o Ensino Básico e Secundário e Administração Escolar, o que compara com os 5.925,3 milhões executados em 2015.

“Verifica-se um decréscimo na despesa de 1,4%”, lê-se na proposta de lei do Governo, onde é possível verificar que também a verba destinada à educação pré-escolar cai 1,2% para os 462,4 milhões de euros.

Mas num quadro marcado por reduções, destaca-se, pela diferença, a rubrica das transferências para o ensino particular e cooperativo. É que se o orçamento das escolas públicas cai, para este ano o Governo propõe um orçamento de 254,3 milhões para estas escolas particulares com contrato de associação com o Estado, mais 6% do que a verba gasta em 2015 (239,9 milhões).

Este quadro surpreende sobretudo depois de o atual primeiro-ministro ter criticado, ainda na oposição, o anterior Governo por estar a “desviar dinheiro que falta para melhorar as escolas públicas para financiar mais 600 turmas” no privado.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: mcarrico@observador.pt
Saúde Pública

Votar o futuro da Saúde da nação

Francisco Goiana da Silva
139

Resta-nos a nós, cidadãos, esperar que quando esta medida de Saúde Pública [taxa do sal] for votada, os deputados não se esqueçam de acautelar a vontade da sociedade. 

Primeiro-Ministro

António Costa: o eterno número dois

João Marques de Almeida

Costa está a substituir o líder porque não há outro e porque Sócrates não pode liderar o PS. O PS socrático não tem hoje alternativa. Mas eles sabem que o PM não é o verdadeiro líder do seu partido.

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site