Marcelo Rebelo de Sousa

Presidente da República diz que é “prematuro” discutir renegociação da dívida portuguesa

O Presidente da República considerou "prematuro e extemporâneo" fazer uma discussão sobre a renegociação da dívida portuguesa, face ao período de eleições em várias países da União Europeia.

MÁRIO CRUZ/LUSA

O Presidente da República considerou esta sexta-feira “prematuro e extemporâneo” fazer uma discussão sobre a renegociação da dívida portuguesa, face ao período de eleições que vai ter lugar, durante o próximo ano, em várias países fundadores da União Europeia.

Estar a especular sobre cenários europeus num ano em que vai haver eleições em várias das economias fundadoras da União Europeia, até, praticamente, daqui a um ano, estar a especular sobre o que será a Europa nessa altura, e estar a fazer um debate sobre matéria da dívida, é completamente prematuro e extemporâneo. Não faz sentido”, disse Marcelo Rebelo de Sousa.

“Só se quisermos um daqueles debates a que eu estava habituado na universidade, em que debatemos, teoricamente, tudo. E é muito útil. Mas debater [a renegociação da dívida], em termos concretos, com relevância política, não faz sentido nenhum”, acrescentou.

O Presidente da República, que falava aos jornalistas durante a visita à fábrica de automóveis de Palmela, integrada nas comemorações dos 25 anos da Autoeuropa, lembrou ainda que Portugal está a cumprir os compromissos assumidos com a União Europeia. “Neste momento há compromissos assumidos, os compromissos estão a ser cumpridos, os resultados vão na linha desses compromissos. São boas notícias”, disse.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Governo

Olh'ó boneco!

Helena Matos
421

O “Marcelo dos afectos” e o “Trump, pá" são os dois bonecos omnipresentes na nossa vida político-mediática. O primeiro foi eleito por nós mas não é responsável por nada. O segundo tem a culpa de tudo

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site