Logo Observador
Igreja Católica

Papa pede união de cristãos para mostrar que a paz é possível

360

O papa Francisco pediu este sábado que todos os cristãos do mundo se mostrem unidos para demonstrar que "a paz é possível", durante um encontro com 30.000 pessoas em Roma.

MASSIMO PERCOSSI/EPA

Autor
  • Agência Lusa

O papa Francisco pediu este sábado que todos os cristãos do mundo se mostrem unidos para demonstrar que “a paz é possível”, durante um encontro com 30.000 pessoas em Roma. “A paz é possível mas não é fácil demonstrar isso neste mundo. Em nome de Jesus podemos mostrar com o nosso testemunho que a paz é possível, mas é possível se estivermos em paz entre nós”, afirmou durante um ato de oração com o movimento Renovação Carismática Católica (RCC), por ocasião do seu quinquagésimo aniversário, no Circo Máximo de Roma.

“Hoje é mais urgente do que nunca a união dos cristãos. Caminhar juntos, trabalhar juntos e amar os outros”, acrescentou.

A RCC é um movimento da Igreja Católica que nasceu na Universidade de Duquesne, na Pensilvânia, Estados Unidos, em 1967 e conta atualmente com 120 milhões de católicos.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Catolicismo

Um coach chamado Inácio

Laurinda Alves
1.836

500 anos depois, num tempo em que Deus continua a ser uma palavra difícil e muitos crentes são perseguidos e mortos, Inácio de Loyola continua muito à frente do tempo inspirando leigos e religiosos.

Catolicismo

Maria Madalena: a apóstola dos apóstolos

P. Gonçalo Portocarrero de Almada
778

Todas as mulheres cristãs, sem necessidade do sacramento da Ordem, podem e devem ser, sejam leigas ou consagradas, solteiras ou casadas, apóstolas de apóstolos, como Maria Madalena.

Politicamente Correto

Retorno a Laputa e a Lagado

Paulo Tunhas

O que fazer por estes dias em que tagarelas autoritários furiosos de intensidade apaixonada procuram a todo o custo regular todas as formas de expressão e limitar os princípios de comunicação humana?