Igreja Católica

Papa pede união de cristãos para mostrar que a paz é possível

360

O papa Francisco pediu este sábado que todos os cristãos do mundo se mostrem unidos para demonstrar que "a paz é possível", durante um encontro com 30.000 pessoas em Roma.

MASSIMO PERCOSSI/EPA

Autor
  • Agência Lusa

O papa Francisco pediu este sábado que todos os cristãos do mundo se mostrem unidos para demonstrar que “a paz é possível”, durante um encontro com 30.000 pessoas em Roma. “A paz é possível mas não é fácil demonstrar isso neste mundo. Em nome de Jesus podemos mostrar com o nosso testemunho que a paz é possível, mas é possível se estivermos em paz entre nós”, afirmou durante um ato de oração com o movimento Renovação Carismática Católica (RCC), por ocasião do seu quinquagésimo aniversário, no Circo Máximo de Roma.

“Hoje é mais urgente do que nunca a união dos cristãos. Caminhar juntos, trabalhar juntos e amar os outros”, acrescentou.

A RCC é um movimento da Igreja Católica que nasceu na Universidade de Duquesne, na Pensilvânia, Estados Unidos, em 1967 e conta atualmente com 120 milhões de católicos.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Livros

‘Portugal católico’

P. Gonçalo Portocarrero de Almada
597

“Os católicos continuam a desempenhar um importante papel. Na escola, na saúde, na solidariedade social, na cultura, na ciência, na tecnologia”. E na política?

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site