Elétricos

Vespa eléctrica. Económica e amiga do ambiente

438

Depois do protótipo, a Vespa desvendou no Salão de Milão a versão de produção da sua Vespa Elettrica. Dando assim mais um passo num processo evolucionário que começou há 70 anos.

Autor
  • Francisco António

Numa altura em que a mobilidade eléctrica parece ser o próximo passo para as sociedades dos nossos dias, a Piaggio acaba de apresentar, na edição deste ano do Salão de Motociclismo de Milão (EICMA 2017), um ícone para os novos tempos – a Vespa Elettrica. A qual procura somar ao estilo, à funcionalidade e à personalização tradicional do mítico modelo, as vantagens da propulsão eléctrica.

Elemento diferenciador na Vespa Elettrica, o motor é uma unidade capaz de oferecer uma potência permanente de 2 kW, ou seja, 2,7 cv, com possibilidade de atingir um pico, ainda que apenas por breves momentos, de 4 kW, ou 5,4 cv de potência. Valores que, a somar a um binário máximo que ultrapassa, segundo o fabricante, os 200 Nm, garantem a esta scooter melhores acelerações que qualquer outra proposta de 50 cc. E em total silêncio.

Com o objetivo de procurar preservar e até recuperar um pouco da energia despendida na aceleração, a Vespa Elettrica conta ainda com sistema de recuperação de energia na travagem, o qual contribui para uma autonomia que a Piaggio fixa nos 100 km. E que pode ser totalmente reposta, em cerca de quatro horas, através da ligação da scooter a uma qualquer tomada de electricidade a 220V.

Equipada com baterias de iões de lítio, o fabricante garante que a solução escolhida está preparada para mais de 1.000 recarregamentos, sinónimo de 10 anos de uso ou entre 50 e 70 mil quilómetros cumpridos. Sendo que, uma vez alcançado este limite, as baterias deverão ainda ser capazes de garantir 80% da sua capacidade.

Tal como noutros produtos do género, a Vespa Elettrica é proposta com dois modos de condução (Eco e Power), uma boa capacidade de arrumação debaixo do assento, iluminação LED e até mesmo uma nova “Vespa Multimedia Platform”. Solução que permite ao proprietário conectar o seu smartphone à scooter, passando a poder aceder a algumas das funcionalidades do equipamento, no ecrã TFT de 4,3″ que é o painel de instrumentos do motociclo.

Elettrica X, a versão com extensor de autonomia

Para os utilizadores que necessitam de fazer mais quilómetros, a Piaggio disponibiliza uma outra versão desta Vespa eléctrica, denominada Elettrica X. E que, equipada com um gerador alimentado a gasolina, já permite anunciar autonomias na ordem dos 200 km. Embora, devido à necessidade de acomodar o tanque de combustível, o pack de baterias mais pequeno não vá, quando numa utilização em modo exclusivamente eléctrico, além dos 50 km de autonomia.

Como também não poderia deixar de ser, a Vespa Elettrica prima ainda por um sem-número de elementos diferenciadores em termos estéticos, além de sete cores. Só não se sabendo ainda quando e com que preços é que será comercializada.

Recomendador: descubra o seu carro ideal

Não percebe nada de carros, ou quer alargar os horizontes? Com uma mão-cheia de perguntas simples, ajudamo-lo a encontrar o seu carro novo ideal.

Recomendador: descubra o seu carro idealExperimentar agora
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site