Família Real Britânica

Meghan Markle usou um vestido de 56 mil libras nas fotografias oficiais do noivado

217

A Casa Real britânica divulgou, esta quinta-feira, duas das fotografias oficiais do noivado do Príncipe Harry e Meghan Markle. A atriz usou um vestido Victoria Beckham de 56 mil libras.

Alexi Lubomirski via Getty Image

Quase um mês depois do anúncio do casamento, a casa real britânica divulgou, esta quinta-feira, duas fotografias oficiais que assinalam o noivado do príncipe Harry com a atriz Meghan Markle, que vão casar a 19 de maio do próximo ano.

Na primeira fotografia oficial do noivado lançada esta manhã, a atriz americana decidiu utilizar um vestido de 56 mil libras, por Ralph and Russo, casa de costura de Londres conhecida pelos vestidos de noiva. Na segunda fotografia aparece com um vestido Victoria Beckham.

As fotografias foram tiradas no início desta semana, pelo fotógrafo de moda e celebridades Alexi Lubomirski, na Frogmore House, em Windsor, e foram divulgadas ao final desta manhã na conta oficial de instagram do Palácio de Kensington.

Os rumores sobre o relacionamento do casal, que começou no verão do ano passado, vinham-se mas só em setembro passado os dois foram fotografados, pela primeira vez, juntos em público num torneio de ténis em Toronto, e a atriz da série “Suits” confessou o namoro com o príncipe em entrevista à revista Vanity Fair.

Foi a 27 de novembro que a Família Real confirmou o casamento do filho mais novo da Princesa Diana e Meghan na primavera do próximo ano. Entretanto já vieram anunciar que será no dia 19 de maio.

Segundo a BBC, a Família Real vai pagar o casamento, incluindo o serviço, as flores, a música e a receção. E a atriz será batizada na igreja em Inglaterra antes da cerimónia que terá lugar na capela de Saint George, no Castelo de Windsor.

Numa entrevista à BBC, Meghan Markle contou que Harry a pediu em casamento enquanto tentava assar um frango: “Foi tão querido e natural e muito romântico. Ele pôs um joelho no chão”. Mal o pedido terminou, Meghan disse-lhe: “Posso dizer sim agora?”.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Crónica

Meus pais e seus aparelhos eletrônicos

Ruth Manus

Parece que todos os aparelhos eletrônicos que os meus pais compram foram vítimas de algum tipo de maldição que tornou seu funcionamento algo absolutamente anormal. 

Pobreza

Em nome dos filhos

Diogo Prates

Esta é a oportunidade da direita portuguesa, conseguir com um discurso simples mas eficaz apagar de vez a imagem de que a esquerda é a única que se preocupa com os mais pobres e desfavorecidos. Não é.

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site