Beleza e Bem Estar

Produtos que marcaram 2017 e vamos continuar a querer este ano

Chegaram os batons da felicidade, produtos capilares naturais, máscaras SOS, marcas há muito desejadas pelas portuguesas e outras novidades que marcaram 2017. Chegaram, dominaram e ficaram para 2018.

Autor
  • Helena Magalhães

O ano passado foi um ano interessante e bastante simpático em inovações, chegadas de novas marcas a Portugal e celebrações de produtos icónicos que continuam a dar cartadas na beleza. Começámos o ano a olhar para os lábios holográficos e a pensar como é os iríamos usar no dia a dia mas o batom da felicidade entretanto chegou a Portugal e trocámos os lábios tridimensionais pelos lábios felizes.

A primavera trouxe as máscaras de pestanas coloridas, as essências que, devagarinho, estão a entrar nos mercados ocidentais e ainda o verão não estava no pico e já as portuguesas estavam “hot hot hot” com a tão desejada chegada da marca que quer que as mulheres se sintam sexy: a NARS.

Mas 2017 foi também um ano em que falámos muito de temas relevantes na beleza: dos testes em animais, da eficácia dos cosméticos de supermercado, dos produtos anti-poluição, dos óleos naturais, do que valem os cremes de luxo e das diferenças entre os cosméticos vegan, orgânicos e naturais.

Na fotogaleria, reunimos algumas das melhores novidades que o mercado da beleza trouxe a Portugal em 2017 e que todas as mulheres vão querer continuar a usar este ano.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site