Explicador

PSOE sem líder. PP cauteloso à espera dos socialistas. E governo?

Outubro 201605 Outubro 2016
Milton Cappelletti

Já começam as pressões para um novo referendo na Catalunha. A tensão vai voltar a subir?

Pergunta 8 de 10

Não basta a Espanha estar sem Governo há quase um ano, agora os independentistas catalães decidiram voltar à carga.

Carles Puigdemont, presidente do governo da Catalunha, anunciou na última semana que vai convocar um referendo sobre a independência da região em setembro de 2017 “com ou sem o aval do Estado”. “Ou referendo ou referendo”, disse, durante uma sessão parlamentar, na última semana.

Para Puigdemont, a Catalunha estará preparada para “desconectar-se” de Espanha em julho de 2017, altura em que o Parlament já terá aprovado o que ele chama de “estruturas de Estado básicas”, para que a região “funcione como um Estado Independente”.

O anúncio de Puigdemont provocou críticas de opositores à independência da Catalunha. Para o porta-voz do Ciudadanos, Fernando de Páramo, a solução para a questão “é a unidade” e não “desconectarmo-nos em pleno século XXI”, qualificando de “remendos fracassados” os planos do presidente do governo da Catalunha sobre o referendo.

Eva Granados, porta-voz do Partido Socialista Catalão, concordou com de Páramo e assegurou que o anúncio de “referendo ou referendo” será um “fracasso ou fracasso”, porque supõe voltar “à idade da pedra”.

Apesar de não descartar a possibilidade de articular o referendo com o governo central, Puigdemont acredita que o próximo governo será “um núcleo duro frentista”, que vai opor-se à realização da consulta popular. Criticou ainda o PSOE por “devorar” Pedro Sánchez, ao abrir-se ao diálogo com os independentistas e advertiu que os barões socialistas cometem “a maior deslealdade para que não se mude nada”, num sistema protagonizado “por um partido imobilista como o PP.”

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site