Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

A inflação terá abrandado para 0,5% em maio de 2014, de acordo com a estimativa rápida divulgada nesta terça-feira pelo Eurostat. Em abril, a variação homóloga do indicador foi de 0,7%. O setor de serviços terá sido aquele em que o ritmo de crescimento dos preços mais acelerou, com uma progressão de 1,1% entre maio de 2013 e o mesmo mês deste ano.

O arrefecimento dos preços na zona euro estimado pelo Eurostat surge dois dias antes de o conselho de governadores do Banco Central Europeu se reunir com o propósito de aprovar medidas de reanimação da economia e de combate à possibilidade de a região da moeda única vir a atravessar um período longo de baixa inflação. Para alguns analistas, não está afastada a ameaça de deflação na zona euro.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR