A marca de gelados Olá está a ser alvo de críticas nas redes sociais. Os erros que se verificam nos dois cartazes são o motivo da indignação.

Um hífen desnecessário na palavra “ganhaste” e mais outro na palavra “experimentaste” transformaram os dois verbos na segunda pessoa do singular do pretérito perfeito do indicativo “ganhar” e “experimentar” em erros de português. A Unilever, responsável pela marca Olá, não disse por quantas pessoas a mensagem errada passou antes de sair para as ruas de todo o país, mas admitiu ao Observador que foi “um lapso”.

“Verificou-se um lapso na produção destes materiais que foram distribuídos indevidamente, facto que muito lamentamos”, disse a empresa por e-mail. “O departamento de marketing da Olá já tem conhecimento desta ocorrência, pelo que as referidas peças estão já a ser retiradas”, informou.

A Unilever, que ocupa o 110.º lugar no ranking das 2000 melhores empresas elaborado pela revista Forbes, é uma empresa multinacional que produz e distribui produtos nas áreas da alimentação, cuidado pessoal e cuidado da casa. É responsável pela presença da Olá em 29 países, incluindo Portugal: Tailândia, Austrália, Roménia, Brasil, China, Turquia, Alemanha, Equador, Israel, Polónia, Venezuela, Chile, México, entre outros.

Na página de Facebook da marca, a peça de comunicação está a gerar vários comentários de consumidores. “Belo exemplo para as crianças” é uma das críticas. A marca reagiu, respondendo que se trata de uma campanha “realizada unicamente para o Dia da Criança” e que está a tentar resolver o erro “com a maior brevidade”. No entanto, os cartazes já existem pelo menos desde 2012. Veja aqui alguns dos comentários dos consumidores em relação à polémica.