Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

O México está a fazer um brilharete no Mundial de futebol, mas não só pelo emotivo jogo de ontem frente à Croácia que lhe valeu o apuramento para os oitavos, nem pelo sólido empate a zero que tinha protagonizado frente ao Brasil. É o treinador dos mexicanos, Miguel Herrera, que está a captar (quase) todas as atenções.

O jogo de ontem contra a Croácia, que decidia qual das duas seleções ficava com o segundo lugar do grupo A e seguia em frente na competição, foi carregado de emoções, com muitas chamadas de jogadores à linha, muitos golos e muitos quase golos. O México marcou três, mostrando uma enorme vontade de ficar no Brasil e acredita-se que muito se deve ao entusiasmo do treinador.

Ora esbracejava e praguejava, quando a Croácia marcava (o que vale é que foi só uma vez), ora saltava e atirava-se para o chão agarrado aos jogadores, quando o triunfo era do México.

https://twitter.com/FootballVines/status/481193735938523137

Aqui ficam algumas imagens e vídeos das efusivas celebrações de Herrera, para a memória coletiva deste Mundial.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR