O PSI 20, principal índice da bolsa de Lisboa, fechou a sessão desta segunda-feira a cair mais de 1,5% para 6.714,35 pontos, com 17 dos 20 títulos em queda.

O BES que tinha chegado a valorizar perto de 10% durante a manhã fechou o dia a cair 5,19%, com as ações a atingirem os 0,713 euros por título, escassos dias depois da nomeação de Vitor Bento para presidente exceutivo do banco e a de Moreira Rato para administrador financeiro. Já na sexta-feira, os títulos do BES tinham valorizado 8% no final da sessão.

Ao contrário do BES, a ESFG fechou a sessão a valorizar 1,91% para 1,69 euros.

As notícias da passada sexta-feira animaram a bolsa portuguesa, que ao contrário das bolsas europeias, iniciou a semana em alta, com o BES e a Espírito Santo Financial Group (ESFG), que detém 25% do BES, a liderarem os ganhos. 

A nomeação de Vitor Bento, atual presidente da entidade que gere o banco, SIBS, para liderar o banco da família Espírito Santo, ainda tem de passar pela Assembleia-Geral de acionistas do banco, marcada para 31 de julho, tal como a de João Moreira Rato.