Os noivos portugueses têm presentes mais caros do que os noivos alemães, franceses, ingleses e norte-americanos. É o que diz um estudo divulgado esta terça-feira pela Zankyou, uma plataforma online de organização de casamentos. Entre 12 países analisados, Portugal ocupa o quarto lugar, com uma média de 172 euros em gastos com presentes.

O estudo sobre Hábitos de Consumo da Zankyou revela que os portugueses gastaram, em média, mais 5% em presentes para os noivos do que tinham gasto em 2012.

Os mais gastadores são os espanhóis, que ocupam o primeiro lugar do ranking, com uma média de 267 euros por presente, seguidos dos italianos (232 euros) e austríacos (184 euros). Atrás de Portugal ficam algumas das potências europeias: Alemanha e França com uma média de 143 euros, Reino Unido com 116 euros e Holanda com 71 euros, que aliás é o país menos gastador da lista.

Mesmo dentro do país há discrepâncias. De acordo com o estudo, é no norte de Portugal que os convidados tendem a ser mais generosos no valor que gastam nas prendas de casamento: mais de 170 euros. No sul, o valor médio que um convidado gasta ronda os 145 euros, ainda assim um valor superior ao 5ª país do ranking.

casamentos

Presente médio em casamentos

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

O Estudo que o site Zankyou divulgou esta terça-feira foi feito através da análise dos hábitos de consumo em 12 países, nos quais a plataforma de casamentos está presente: Espanha, Itália, Áustria, Portugal, Alemanha, França, Estados Unidos da América, Reino Unido, Bélgica, México, Brasil e Holanda. O estudo foi efetuado junto de 300 mil convidados que utilizaram a lista de casamento da Zankyou no ano de 201, entre os quais se contam 27 mil utilizadores portugueses. Os dados foram recolhidos entre janeiro e dezembro de 2013.