A Coreia do Norte poderá estar a preparar um ensaio militar de desembarque em larga escala como resposta ao próximo exercício militar conjunto entre a Coreia do Sul e os Estados Unidos na região, revelou hoje fonte governamental da sul-coreana.

“Desde há três semanas que há sinais de que a Coreia do Norte prepara um exercício de desembarque em larga escala perto da cidade portuária ocidental de Nampo”, disse a fonte à agência Yonhap.

Por outro lado, acrescentou, o exercício parece ir decorrer em termos nacionais envolvendo as forças em terra, no mar e no ar.

O exército norte-coreano é um dos mais numerosos do mundo e conta com mais de 1,1 milhões de soldados nas suas fileiras.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

As manobras de desembarque em larga escala que, segundo Seul, estão a ser planeadas pelo regime de Kim Jong-un, são vistas como uma resposta ao próximo exercício conjunto entre as forças dos Estados Unidos e da Coreia do Sul.

Os dois aliados organizam em agosto o “Ulchi Freedom Guardian”, orientado para reforçar a capacidade de combate na linha da frente perante o que consideram ser a ameaça da Coreia do Norte.

Já Pyongyang considera as manobras do seu vizinho como uma “ameaça direta à sua segurança” e apelou a Seul que sejam suspensos todas as manobras para que seja aberta uma janela de diálogo entre os dois países.

A Coreia do Sul e os Estados Unidos, que possuem 28.500 efetivos em território sul-coreano, realizam anualmente diversos exercícios militares e já recusaram o desafio norte-coreano para o diálogo em troca da suspensão das manobras militares.