Esta quarta-feira a Apple cumpriu com o anunciado e lançou o novo sistema operativo iOS 8. A atualização já está disponível a partir do iTunes ou diretamente a partir do iPhone e iPad — veja em Definições > Geral > Atualização de software. Apesar de o novo sistema operativo poder ser instalado a partir dos modelos iPhone 4S e iPad 2, as críticas por parte dos utilizadores estão a inundar as redes sociais. O ficheiro do iOS 8 tem cerca de 1.2 GB mas pode precisar de quase 6 GB de memória livre para que possa ser instalado. No entanto, se fizer o download e atualização através do iTunes, o espaço necessário pode vir a ser menor, escreve o site CNET.

https://twitter.com/joelcifer/status/512289542238666752

https://twitter.com/RyanSchultzie/status/512309862316142592

https://twitter.com/ThatHaleyWay/status/512299287078662145

De acordo com o site Ars Technica, a instalação do novo sistema operativo no iPhone 4S faz com que o aparelho fique com problemas de performance. Tentar abrir aplicações como o Safari, a máquina fotográfica ou até o email pode demorar mais tempo, em comparação com o sistema operativo anterior, o iOS 7. O novo teclado, com sugestões preditivas (à medida que se escreve, vão aparecendo sugestões de palavras completas), também está a dar algumas dores de cabeça aos utilizadores. Apesar de ser uma função que pode ser desligada (Definições > Teclado) , está predefinida para ser compatível com um ecrã de maiores dimensões. O novo teclado ocupa demasiado espaço do ecrã de 3.5 polegadas do iPhone 4S, o que torna difícil a navegação quando quer, por exemplo, escrever um email. É recomendável também que faça uma cópia de segurança antes da atualização do software, para a eventualidade de alguma coisa correr mal no processo de instalação.

iOS8

Tempo de lançamento das aplicações. Imagem retirada do site Ars Technica

Anteontem foi também o dia em que a internet foi inundada pelos resultados dos primeiros testes aos novos iPhone 6 e iPhone 6 Plus. Se é verdade que algumas das novidades agora apresentadas não o são para os utilizadores Android, vêm acrescentar ao ecossistema Apple novas e interessantes funcionalidades.

As novidades são muitas (e algumas estão escondidas), por isso deixamos aqui alguns destaques do iOS 8:

– a introdução do iCloud Drive, um serviço semelhante ao Dropbox e ao MEO Cloud, no sentido em que a Apple passa a disponibilizar uma “pasta” onde pode guardar documentos que são sincronizados automaticamente entre diferentes plataformas.

– um novo teclado, com sugestões preditivas (à medida que se escreve, vão aparecendo sugestões de palavras completas); os bonecos coloridos “emoji” passam a fazer parte dos teclados disponíveis — mas podem ser retirados. No iOS 8 a Apple abriu as portas à integração de outros teclados, tais como o SwiftKey e o Swype.

– caso se aborreça ou cometa muitos erros a escrever mensagens, pode agora optar por gravar uma mensagem áudio e enviar diretamente pelo iMessage (função já bastante popular na aplicação Whatsapp). Pode também tirar uma foto ou enviar um vídeo num único movimento a partir do ícone da câmara.

– quando se clica duas vezes no botão central, passa a aparecer no topo a lista de contactos favoritos e recentes, para os quais se pode ligar ou enviar uma mensagem.

– é possível responder a uma mensagem diretamente a partir da respetiva notificação

– deslizar o dedo para a direita ou para a esquerda sobre uma mensagem de email ativa novas opções — apagar, marcar como lida ou com estrela.

– câmara fotográfica com novas funções, nomeadamente um temporizador para as “selfies”

– passa a ser possível partilhar conteúdos dentro do círculo “familiar” (por exemplo, aplicações, músicas e jogos)

Outras novidades ainda não estão ativadas ou não irão funcionar enquanto não instalar o sistema operativo OS X Yosemite (atualmente ainda em versão beta) no portátil ou no computador de secretária, como por exemplo o iCloud Drive — a Apple oferece 5 GB, mas já disponibiliza mais capacidade. Outro exemplo é a função “Continuidade”, que permite fazer chamadas telefónicas diretamente a partir do computador.

Quanto ao novo iPhone 6, a Apple seguiu a tendência de mercado e adotou ecrãs de maiores dimensões. A opinião é unânime: o novo iPhone é o melhor de sempre. O diretor da re/code diz mesmo que é o melhor smartphone do mercado, tendo em conta a usabilidade e integração no ecossistema Apple — iPhone, Mac e iCloud. Sublinham a qualidade e tamanho do ecrã, a melhoria da ligação Wi-Fi (que permite o dobro da velocidade em relação ao iPhone 5S) e uma câmara com um novo sensor, particularmente eficaz em ambientes com pouca luz. A The Atlantic faz também uma análise interessante e a MacRumours um apanhado do que se tem escrito em alguns sítios de referência.

O iPhone 6 e o iPhone 6 Plus estarão à venda em Portugal no final deste mês. O modelo iPhone 6 (com ecrã de 4,7 polegadas) com 16 GB de memória interna custará 699€ — livre de operador.