“Fernando Torres regressa a casa”. É o título da notícia em destaque no site oficial do Atlético de Madrid que anuncia a contratação do avançado espanhol pelos colchoneros. O “Niño” dos adeptos e do clube volta a uma casa que tão bem conhece. E onde foi muito feliz. Estreou-se ainda com 17 anos na equipa principal e chegou a capitão.

Há cerca de oito anos Fernando Torres Oito partiu rumo ao Liverpool, agora volta ao emblema onde se formou e onde jogou 244 partidas, tendo marcado 91 golos. O avançado trocou no verão de 2014 o Chelsea, de Inglaterra, pelo AC Milan, por empréstimo. Agora, regressa ao Vicente Calderón, igualmente por empréstimo. Confuso? Um pouco. Os italianos compraram o passe do espanhol. Chegaram a acordo com o Atlético para que outro avançado, o italiano Cerci, rumasse ao Milan, e Torres faça o percurso inverso. Assim, até ao final da época 2015/16, ou seja, um contrato válido por época e meia, Fernando Torres regressa à capital espanhola.

O avançado será apresentado no dia 4 de Janeiro, e a transferência será oficializada no dia 5, altura em que abre o mercado de transferências de inverno em Itália.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Nas primeiras declarações após a confirmação da transferência, o jogador não escondeu a felicidade e revelou que aceitou, sem hesitar, a proposta. “Apareceu o Atlético e não tive dúvidas. Vou para o Atlético em busca da minha felicidade. Quando era criança o meu sonho era jogar no Atlético, consegui, e voltar agora é completar outro sonho. Estive bem noutras equipas, mas como o Atlético não há nenhum”.

Fernando Torres tem 30 anos, com a camisola da Espanha venceu por duas vezes o Campeonato da Europa e conquistou um Mundial. Pelo Chelsea ganhou uma Liga dos Campeões e uma Liga Europa.