Vinte e oito pessoas morreram na quarta-feira à noite, num casamento no Afeganistão, naquele que aparenta ter sido um ataque com um rocket. A polícia da província de Helmand, no sul do país, está a investigar o caso, conta a imprensa internacional.

Ao que tudo indica, a arma foi disparada de um posto militar que se situava perto da casa onde decorria a festa. O chefe da polícia local, Bacha Gull, avançou que, no momento do ataque os convidados estavam à espera da noiva – 51 pessoas ficaram feridas.

A polícia está a investigar se o rocket estará relacionado com um tiroteio com insurgentes talibãs ou se terá sido disparado arbitrariamente. Os funerais das vítimas foram adiados para permitir que a polícia determine a causa do ataque.

A missão internacional liderada pelos Estados Unidos da América e pela NATO (Organização do Tratado do Atlântico Norte) acabou a 31 de dezembro.