Pelas 08h20 horas em Lisboa, o Euro Stoxx 50 caía 0,66%, para 3.118,06 pontos, com as principais praças europeias a oscilarem entre a perda de 0,13% de Londres e a queda de 1,06% de Milão.

A praça de França, por sua vez, caía 0,39%, enquanto Frankfurt quebrava 0,45% e Madrid recuava 0,80%.

Embora o partido grego da esquerda radical Syriza tenha prometido negociações “realistas” com parceiros da União Europeia (UE), no fim de semana saíram notícias contraditórias sobre o assunto.

A revista alemã Der Spiegel avançou que Chanceler Angela Merkel estaria preparada para a saída da Grécia do euro, “caso seja necessário”, enquanto o Governo alemão garantiu estar confiante de que o país irá honrar os seus compromissos com o programa de resgate da EU, segundo um porta-voz do executivo germânico.

No dia em que regressam em força às negociações nos mercados, quer corretores, quer gestores de fundos de investimento e fundos de alto risco, os investidores estão ainda atentos às notícias e aos rumores em relação ao Banco Central Europeu (BCE), que se reunirá a 22 de janeiro.