O julgamento do suspeito do duplo atentado de Boston perpetrado em 2013, Djokhar Tsarnaev, de 21 anos, começa esta segunda-feira naquela cidade norte-americana do estado de Massachusetts, no nordeste do país. O atentado de Boston, o mais grave nos Estados Unidos desde os ataques do 11 de setembro de 2001, ocorreu a 15 de abril de 2013 durante a popular maratona daquela cidade. Três pessoas morreram e outras 264 ficaram feridas.

O jovem muçulmano de origem chechena é acusado de ter detonado, com o seu irmão mais velho Tamerlan Tsarnaev (que acabou por ser morto durante uma perseguição policial), duas bombas simultâneas de fabrico artesanal perto da linha de chegada da maratona.

Djokhar Tsarnaev, que foi acusado formalmente de conspiração e uso de armas de destruição maciça contra pessoas e propriedades, pode enfrentar a pena de morte. No passado dia 18 de dezembro, o jovem compareceu numa audiência preparatória no tribunal federal de Boston. Djokhar Tsarnaev não era visto em público desde que se declarou não culpado a 10 de julho de 2013.