Vencedor do último torneio de Wimbledon, atual campeão olímpico, número seis do ranking mundial e chama-se Andy Murray. Eis o próximo adversário de João Sousa no Open da Austrália. O tenista português passou esta quarta-feira à terceira ronda do primeiro Grand Slam da época — um dos quatro torneios mais importantes do circuito –, ao vencer, por desistência, Martin Klizac.

O eslovaco, 34.º classificado no ranking da Association of Tennis Professionals (ATP), retirou-se do encontro, devido a queixas físicas, já durante o quarto set. O jogo estava favorável a João Sousa, 55.º melhor tenista do mundo, que liderava nos parciais (4-6 7-6(4) 6-4) do jogo e já vencia por 1-0 no último set.

JoãoSousa

É a segunda vez na carreira que João Sousa, de 25 anos, alcança a terceira ronda de um torneio Grand Slam — já o conseguira em 2013, quando foi derrotado pelo sérvio Novak Djokovic, hoje líder do ranking, nessa fase do Open dos EUA.

O adversário será agora Andy Murray, tenista, de 27 anos, que venceu o português na edição anterior do torneio australiano. Ambos, aliás, já se defrontaram por três vezes e a vitória acabou sempre do lado do escocês. Com a passagem à terceira ronda, o tenista natural de Guimarães já amealhou 90 pontos para a classificação do ranking ATP.