Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

As contas do Twitter e do Instagram da cantora e atriz Tailor Swift foram atacados esta terça-feira. No “feed” da artista apareceram dois tweets a encorajar os fãs a seguir duas contas: uma do utilizador @veriuser e outra chamada @lizzard (ambas foram entretanto suspensas). A invasão parece não ter tido outra consequência que não angariar seguidores para os intrusos, o que, tendo em conta a dimensão da presença da artista na internet, em minutos se traduz em milhares de seguidores.

taylor_swift-ataque_twitter1

O Business Insider nota que a conta @lizzard poderá pertencer ao grupo Lizard Squad, uma rede internacional de piratas informáticos conhecidos por efetuar ataques DDoS (sigla em inglês para “ataque de negação de serviço”). Este grupo afirmou ser o responsável pelo ataque às consolas Xbox e Playstation no dia de Natal de 2014.

taylor_swift-ataque_twitter2

Os tweets foram rapidamente apagados mas a dimensão da presença de Taylor Swift nas redes sociais conta-se em muitos milhões de utilizadores (está no Top 10 no Twitter), pelo que o impacto não foi ignorado. E foi precisamente através de uma delas (o tumblr.) que relata o acontecimento e manifesta a sua preocupação: “Bem, agora já acordei”. E ao noticiar o ataque à conta do Instagram, desabafa numa etiqueta que “é por isto que tenho medo da tecnologia”.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR