Lisboa e o Porto estão entre as principais cidades europeias de hotelaria para a prestigiosa multinacional PricewaterhouseCoopers (PwC) em 2015 e 2016.

O estudo “European cities hotel forecast for 2015 and 2016” (Previsão dos hotéis das cidades europeias), apresenta várias estimativas da hotelaria das 20 principais cidades europeias, bem como a atratividade do setor hoteleiro ao investimento, estimativas de ofertas, perspetivas económicas e expectativas da procura. Além disso, o estudo tenta traçar as principais tendências turísticas dessas cidades e as suas implicações para o setor.

Na 4º vez que este estudo é publicado, esta é a 3º vez que Lisboa aparece e a 1º que coloca o Porto como uma potência hoteleira. De acordo com a previsão, Lisboa será a 2º cidade com maior crescimento em 2015 em termos de taxa de ocupação (em 2016 será o 5º maior crescimento). Esta performance vem num contexto de crescimento da oferta de hotéis de 3, 4 e 5 estrelas, de cerca de 5% em 2014 e 7,5% em 2015.

Apesar do forte crescimento esperado da oferta hoteleira para Lisboa, a tendência de crescimento do preço médio por quarto (indicador ADR) deve manter-se em 2015 e 2016, o que pode significar um aumento das receitas por quarto (indicador RevPar). Lisboa aparece em 17º e o Porto em 20º lugar no ranking, no que toca a ADR.

À exceção de Moscovo, Genebra e Zurique, a RevPAR das cidades analisadas é positiva e espera-se que a tendência mantenha-se para 2015 e 2016. Este crescimento deste indicador tornou mais atrativo o setor hoteleiro para os investidores: o número de transações aumentou 30% de 2014 para 2015, e é espetável que o número continue a crescer. Espera-se que Lisboa e Porto continuem entre as cidades com maior propensão de investimento para 2015 e 2016.

O estudo coloca ainda Paris está no topo deste ranking, no que respeita a ADR, e prevê que Londres possa vir a ter a maior taxa de ocupação dos últimos 20 anos.