O anfitrião Chile qualificou-se segunda-feira pela terceira vez para a final da Copa América em futebol, que nunca ganhou, ao vencer por 2-1 o Peru, reduzido a 10 unidades desde os 20 minutos, por expulsão de Zambrano.

Em Santiago do Chile, dois golos de Eduardo Vargas, aos 42 minutos, em fora de jogo, e aos 64, com um remate de fora da área, selaram o sucesso dos chilenos, vice-campeões em 1955 e 56, sem final, e ainda em 1979 e 87.

O Chile vai disputar sábado o título com o vencedor do Argentina-Paraguai, desta terça-feira, enquanto o Peru, pelo qual marcou Gary Medel, na própria baliza, aos 60 minutos, vai disputar o encontro de atribuição do terceiro posto.