O navio norte-americano USS Fort McHenry esteve atracado na doca de Alcântara em Lisboa durante 4 dias, para comemorar o Dia da Independência dos Estados Unidos, a 4 de julho.

O USS Fort McHenry foi assim batizado em homenagem a um forte localizado na cidade de Baltimore, Maryland, que durante a guerra anglo-americana de 1812 foi bombardeado pela frota inglesa durante 25 horas, tendo resistido de forma heróica ao ataque. O advogado Francis Scott Key testemunhou a defesa do forte e escreveu o poema “The Star-Spangled Banner” em sua homenagem, que foi depois convertido numa música e em 1931 foi adotado como hino oficial dos Estados Unidos da América.

O USS Fort McHenry entrou ao serviço em 1987 e é o terceiro navio de desembarque de doca da classe Whidbey Island. Estas embarcações oferecem suporte a operações anfíbias e são conhecidas por terem uma doca interna alagável. Transportam navios de desembarque anfíbios, responsáveis por levar fuzileiros, viaturas ou carga até à praia.

Com mais de 16 mil toneladas, 190 metros de comprimento e 26 metros de largura, o USS Fort McHenry já participou em missões no Golfo Pérsico, Japão, Indonésia, Filipinas, Coreia do Sul, Guiné, Haiti e mais recentemente no Iémen.

O Observador subiu a bordo e mostra-lhe algumas fotografias.