A ministra da Agricultura e do Mar e vice-presidente do CDS-PP, Assunção Cristas, disse esta quinta-feira, em Cantanhede, que o partido se revê no discurso do Presidente da República, quando este apela a condições estáveis de governação.

“Na minha perspetiva, é importante que possa haver continuidade num trabalho, com o sentido certo, com o rumo certo, que nos dê garantias de não voltarmos para uma realidade que ainda é muito recente e que ainda tem marcas profundas entre todos nós”, disse Assunção Cristas à agência Lusa, em Cantanhede, distrito de Coimbra.

Em declarações à margem de uma visita à feira agrícola, comercial e industrial (Expofacic), que comemora 25 anos de existência, adiantou que o CDS-PP revê-se “num discurso que apela a condições estáveis de governação”.

“O senhor Presidente disse aquilo que todos sentimos um bocadinho no país: é importante termos estabilidade, é importante termos condições de governação”, afirmou Assunção Cristas.