O lado obscuro da lua incita uma enorme curiosidade na humanidade. Até mereceu homenagem da banda britânica Pink Floyd. Desta vez foi a NASA, ao divulgar imagens da Lua a orbitar o planeta Terra, vista do seu lado mais negro.

As imagens foram registadas dia 16 de julho por uma câmara a bordo do satélite Observatório de Clima no Espaço Profundo (DSCOVR – Deep Space Climate Observatory, em inglês). Segundo o site da NASA, as fotografias, captadas por uma câmara EPIC, Câmara Policromática de Imagens da Terra, mostram os lados mais distantes da lua, aqueles que não estão virados para a Terra.

As imagens, capturadas entre as 11h50 e as 16h45 (hora GMT), mostram a lua a passar por cima do oceano Pacífico. Orbitando a 1609344 quilómetros da Terra, o satélite DSCOVR tem estado a registar em tempo real dados meteorológicos. Após estas imagens, a EPIC da DSCOVR começará a fotografar diariamente o planeta azul, publicando as imagens entre 12 a 36 horas depois. Será possível acompanhar as imagens aqui, a partir de setembro.

Foi em 1959, durante a missão espacial soviética a bordo Luna 3, que esta face da lua foi pela primeira vez vista. Desde então, algumas sondas fizeram o mesmo, mas com mais detalhe, sendo esta a fotografia com maior resolução e proximidade.