A poucos dias da Supertaça de Portugal, o duelo entre Jorge Jesus e Rui Vitória já aqueceu. O novo treinador do clube de Alvalade já não veste de vermelho desde junho mas não tem dúvidas: o Benfica parte na frente porque “não mudou nada, zero”.

“O Benfica não mudou nada, zero. Vou jogar contra uma equipa com ideias minhas. Eu cheguei ao Sporting e mudei tudo. O cérebro daquilo já não está lá, o treino não vai ser o mesmo, mas tudo aquilo continua”, afirmou o técnico leonino.

Em entrevista à RTP, Jesus não esteve com rodeios e garantiu que vai festejar se o Sporting bater o Benfica no confronto de domingo. “Não vou dizer que não vou festejar. Não sou hipócrita”, garantiu o treinador.

Nem o dossier “Mitroglou” fez Jorge Jesus perder a compostura. O ponta de lança grego era um dos alvos pretendidos pelos clube verde e branco, mas acabou por assinar pelas águias. O treinador do Sporting, no entanto, garante que está satisfeito com o plantel e que não precisa de mais avançados. Porque se precisassem de Mitroglou, já o grego vestiria de verde e branco.

“Estamos satisfeitos com os avançados que temos. Se quiséssemos esse jogador [Mitroglou] já o tínhamos”, assegurou Jesus.

Do outro lado, também em entrevista à RTP, Rui Vitória fez questão de colocar alguma água na fervura e de afastar a ideia de que o próximo dérbi é um duelo entre ele e Jorge Jesus. “O jogo Benfica-Sporting ultrapassa qualquer individualidade”, respondeu o ex-treinador do Vitória.

O novo treinador das águias reconheceu que a equipa ainda não está completamente moldada à sua imagem, mas esse é um assunto que não o preocupa. A aprendizagem das novas ideias e métodos do treinador “é um processo contínuo”, que demora o seu tempo, explicou Vitória.

Sobre o jogo do próximo domingo, o mister encarnado não escondeu a ambição de bater o Sporting e conquistar o primeiro troféu oficial da época. “Vamos para a luta com grande vontade de ganhar, com ambição. Vejo os jogadores com uma entrega estupenda. Estamos prontos. Posso garantir que as coisas estão a ser feitas no timing preciso. Vamos continuar a fazer o nosso trabalho”.

E se Jorge Jesus diz que não precisa de Mitroglou, Rui Vitória não tem dúvidas: o avançado helénico “tem características” que “podem ajudar” o Benfica. “Quando começar a treinar vamos realmente perceber o potencial e o rendimento que nos pode dar”, disse ainda o treinador encarnado.