Rádio Observador

Moda

Onde é que estes decotes vão parar?

225

Elas não tiveram dó, piedade nem um simples pedaço de tecido a cobrir o peito. E o resultado são estes decotes vertiginosos. Uma moda plausível ou uma chamada de atenção exagerada?

Getty Images

“Supõe-se que são ícones de moda, mas não levam nada posto”, disse Carolina Herrera ao Washington Post, segundo o El Mundo. A estilista referia-se ao look do momento: pouco tecido. Muito pouco. Sobretudo na zona superior do corpo feminino. Seja uma questão de moda ou uma grande (gigante, astronómica) chamada de atenção, facto é que com decotes vertiginosos é impossível passar despercebido. Mesmo que haja quem ache demais, mesmo para quem pode e tem estatuto de estrela.

E mesmo assumindo que são um exagero (o assunto divide os especialistas), estes decotes têm pelo menos uma vantagem para o esforço mental do público: é que permitem menos dores de cabeça ao pensar, já que deixam muito pouco à imaginação. Quer ver? Explore a fotogaleria.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)