Dark Mode Wh poupados com o MEO
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Hoje é um bom dia para mudar os seus hábitos. Saiba mais

4.9 segundos. É este o novo recorde do mundo na resolução do cubo de Rubik

O anterior recordista do mundo com um cubo de Rubik nas mãos era menor de idade. E o novo recordista também só tem 14 anos. É vertiginoso vê-lo a "pintar" as faces de igual.

i

FERENC ISZA/AFP/Getty Images

FERENC ISZA/AFP/Getty Images

Foi rés-vés Campo de Ourique. Lucas Etter é hoje 35 milésimos de segundo mais rápido que Collin Burns (o anterior detentor do recorde do mundo; um recorde que foi estabelecido há somente sete meses, também nos Estados Unidos) a resolver o cubo de Rubik.

Etter, natural de Maryland, nos Estados Unidos, demorou estratosféricos 4.9 segundos (para ser realmente preciso, até foram 4.904) a “pintar” todos as faces do cubo da mesma cor.

Antes de mover os dedos vertiginosamente na ânsia de resolver o cubo, Etter, de 14 anos, tirou-lhe (literalmente) as medidas. Cada concorrente tem 15 segundos para inspecioná-lo antes do cronómetro começar a contar. Mas mal o cronometrista começou a contar os segundos, teve que ser quase tão rápido quanto Etter… mas a parar a contagem.

O resto foi delírio — como vídeo demonstra, aliás –, não só do novo recordista do mundo, como dos restantes concorrentes – tudo garotada, diga-se.

Lucas Etter estabeleceu o novo recorde do mundo num campeonato local, mas a verdade é que há um campeonato mundial de cubo de Rubik organizado pela pela World Cube Association (que é também a entidade que valida os recordes), e que se realiza de dois em dois anos, desde 2003. O primeiro recorde que se conhece é de um tal de Minh Thai, em 1982. Na altura precisou de 22.95 segundos.

Recomendamos

Populares

Últimas

A página está a demorar muito tempo.