A dívida pública do Brasil subiu 24,8%, atingindo 2,793 biliões de reais (630 mil milhões de euros) no ano passado, segundo dados divulgados pela Secretaria do Tesouro Nacional nesta segunda-feira.

Em 2014, a dívida pública havia crescido 8,15%, ou 173 mil milhões de reais (39 mil milhões de euros), segundo os números oficiais.

O relatório do Tesouro Nacional indica que a dívida foi acelerada pelas emissões de títulos públicos que, no período, foram maiores do que os pagamentos.

Sobre esse tema o relatório do governo destaca que as emissões superiores à necessidade de financiamento foram feitas para enxugar o excesso de dinheiro em circulação na economia e ajudar no combate à inflação.

As despesas com juros no período, no valor de 367,67 mil milhões de reais (83 mil milhões de euros), também pesaram no resultado.

Já no que respeita à dívida pública externa, os dados indicam que o aumento foi na ordem dos 27,2 por cento, um total de 143 mil milhões de reais (32 mil milhões de euros).

Segundo o Tesouro, essa variação foi impulsionada pela desvalorização da moeda brasileira em relação às divisas que compõem o conjunto da dívida externa do Brasil.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR