O Benfica, numa sequência quase perfeita, e o FC Porto, em crise, defrontam-se na sexta-feira na abertura da I Liga de futebol, numa 22.ª jornada em que o Sporting viaja até ao campo do Nacional.

Na Luz haverá um jogo de ‘tripla’, mas que, no atual momento dos dois ’emblemas’, também é de opostos.

o Benfica está na liderança (partilhada com o Sporting) e vive o seu melhor momento, num ciclo com um empate e 13 vitórias desde 25 de outubro, enquanto o FC Porto mudou de treinador, ocupa o terceiro lugar e tem somado desaires.

‘Águias’ e ‘dragões’ estão separados por seis pontos e uma derrota da equipa de José Peseiro, no seu primeiro jogo ‘grande’ desde que assumiu a equipa (substituindo Lopetegui), tem tudo para significar o fim de qualquer aspiração ao título.

O Benfica, por outro lado, chega ao ‘clássico’ na liderança, com o melhor ataque do clube no campeonato desde 1976 (59 golos em 21 jogos) e uma das defesas menos batidas da prova (14 golos).

Rui Vitória não deverá contar com Lisandro (nem Luisão, Fejsa e ainda Salvio), enquanto Peseiro tem o capitão Maicon lesionado, defesa central que foi alvo de muitas críticas na derrota com o Arouca (2-1) ao deixar o campo, depois de culpas no segundo golo.

Muito atento a esta ronda estará o Sporting, de Jorge Jesus, que ‘escorregou’ em casa com o Rio Ave (0-0) e passou a ter a companhia do Benfica (52 pontos) na liderança, num cenário mais ‘apertado’ para os ‘leões’.

O Sporting assume-se como candidato, mas está longe de ser brilhante, e a equipa parece necessitar de sofrer para vencer, muitas vezes por margens mínimas, além de perdas de pontos quando menos se espera (com Boavista, Tondela e União da Madeira).

A equipa ‘leonina’, que não é campeã desde 2002, visita no sábado o Nacional (18:30), conhecedora do resultado do ‘clássico’ e dos dividendos que poderá tirar para Benfica ou FC Porto, sobretudo em relação aos bicampeões.

No mesmo dia haverá um duelo de ‘Vitórias’, entre Guimarães (5.º) e Setúbal (9.º), num momento em que do quinto ao oitavo lugar (Arouca) apenas cinco pontos separam as equipas na luta pela última vaga europeia.

Os arouquenses defrontam em casa no domingo o União da Madeira e na segunda-feira o Rio Ave (7.º) recebe o Paços de Ferreira (6.º), em jogos importantes na definição dos lugares perto da zona europeia.

No domingo, destaque ainda para a receção do Marítimo, que não vence na Liga há quatro jogos (três derrotas e um empate), ao Sporting de Braga (4.º), depois de na quarta-feira os madeirenses se terem qualificado para a final da Taça da Liga [derrotaram o Portimonense, da II Liga, por 3-1].

O Tondela, último (10 pontos), e sem vencer há seis jogos, visita o Estoril-Praia, no mesmo dia, no domingo, em que os também ‘aflitos’ Boavista (16.º, 20 pontos) e Académica (17.º, 18) se defrontam no Estádio do Bessa.

I Liga, 22.ª jornada:

  • Sexta-feira, 12 fev:

Benfica — FC Porto, 20:30 (BTV).

  • Sábado, 13 fev:

Moreirense — Belenenses, 16:15 (SportTV).

Nacional — Sporting, 18:30 (SportTV).

Vitória de Guimarães — Vitória de Setúbal, 20:45 (SportTV).

  • Domingo, 14 fev:

Arouca — União da Madeira, 16:00.

Estoril-Praia — Tondela, 16:00.

Boavista — Académica, 17:00 (SportTV).

Marítimo — Sporting de Braga, 19:15 (SportTV).

  • Segunda-feira, 15 fev:

Rio Ave — Paços de Ferreira, 20:00 (SportTV).