Este é o novo desafio que está a causar burburinho nas redes sociais e já convenceu várias pessoas de que é possível poupar. Quem o propõe é Bárbara Raposo, especialista em finanças pessoais e autora do blog As dicas da Bá.

O desafio das 52 semanas é um sistema de poupança gradual que permite, no final do ano, acumular 1.378 euros em poupanças. A ideia surgiu porque o ano tem 52 semanas, e o desafio consiste em poupar o montante equivalente à semana. Assim sendo, na primeira semana poupa-se um euro, na segunda semana dois euros, e assim sucessivamente até à 52ª semana, em que o montante destinado ao mealheiro é 52 euros. O resultado pode ser também obtido fazendo o desafio ao contrário, isto é, pôr de parte 52 euros na primeira semana e apenas 1 euro na última. Este último método é mais adequado para aquelas pessoas que vão perdendo o entusiasmo com o tempo. Como o montante vai diminuindo, é mais fácil manter o desafio até ao fim.

Este desafio tem um problema – nem todos têm disponibilidade para pôr de parte 52 euros numa semana. Para essas pessoas, uma versão mais leve do desafio, que propõe que se comece com 50 cêntimos, e que se vá aumentando 50 cêntimos todas as semanas. Esta versão do desafio permite que, ao fim de um ano, se tenha poupado 689 euros.