Pelo menos sete pessoas morreram este domingo e 35 ficaram feridas num ataque suicida contra um café na província de Diyala, leste do Iraque, cuja autoria foi reivindicada pelo grupo radical Estado Islâmico.

Fonte oficial indicou que um bombista suicida fez-se explodir num café de um bairro da cidade de Moqdadiyah, 40 quilómetros a norte de Baquba, a capital provincial.

Em comunicado, o grupo ‘jihadista’ Estado Islâmico disse que o ataque foi perpetrado contra um grupo de soldados e membros de milícias e afirmou que a explosão causou 30 vítimas, entre mortos e feridos.

Nas últimas semanas, o grupo ‘jihadista’ aumentou este tipo de ataques em várias cidades do país.