Várias pessoas vestiram-se de anjos com o objetivo de proteger o funeral das vítimas do massacre em Orlando de um grupo de protestantes homofóbicos.

Cerca de 40 membros da homofóbica Westboro Baptism Church apareceram no funeral que decorreu no sábado, onde foram confrontados com 200 pessoas que mostraram o seu apoio às famílias das vítimas. Alguns deles estavam vestidos de anjos, com asas e trajes brancos.

Esta não é a primeira vez que os “anjos” aparecem. No ano de 1998, no funeral de Matthew Shepard, um homossexual que foi assassinado no Wyoming, também estavam pessoas a usarem as mesmas asas.

49 pessoas morreram no bar de Orlando, EUA, num ataque feito por Omar Mateen, que seria morto pela polícia.