É sempre a mesma coisa. Por mais desafios matemáticos que inundem as redes sociais, todos os internautas continuam a trocar os olhos quando o assunto são números. O último, criado pela Trending China, já mereceu o comentário de cinco milhões de pessoas e os polegares levantados de 2.7 milhões no Facebook. Não é uma operação muito complicada (a sério), mas merece alguma atenção. É puro raciocínio – e vá, alguma aptidão para contas de mais e de menos.

As flores são as protagonistas do exercício. Os desafiados devem descobrir quanto vale cada uma das flores (sim, nem a primavera escapa aos tentáculos matemáticos da Internet) para descobrir o valor final. Acha que é capaz? Tente preencher o ponto de interrogação de acordo com as indicações dadas aqui em baixo.

770_observador_flores

Uma coisa de outro mundo? Não, estas flores não vieram de Marte e as contas de matemática foram-lhe ensinadas na escola primária. Compreendemos, isso sim, que não se lembre bem como resolver às questões sem recorrer à máquina calculadora, mas nós explicamos tudo aqui em baixo. Vamos então por partes.

Sabemos que a soma das três primeiras flores equivale a 60. Se as três flores são iguais, então valem o mesmo. Por isso, para se descobrir quanto vale cada uma delas, basta dividir 60 por três. Primeira parte resolvida: cada uma das flores cor-de-rosa vale 20. Avancemos.

Sabemos que a soma da flor cor-de-rosa (20) com duas flores azuis (iguais entre si) vale 30. O primeiro truque é juntar os números de um lado do igual e as incógnitas (isto é, as flores que desconhecemos) do outro lado do símbolo. Ora, quando passamos um valor de um lado para o outro é preciso fazer algumas alterações: um número positivo passa a negativo e um número negativo passa a positivo. Logo, 20 + FA (flor azul) + FA = 30 é o mesmo que dizer que 2 x FA = 30 – 20, ou seja, 2 FA = 10. Agora, para descobrir o valor de cada uma das flores azuis (FA) basta dividir dez por dois. E pronto: as flores azuis valem cinco.

Terceira parte antes do veredicto final. Até agora sabemos que as flores cor-de-rosa valem 20 e que as flores azuis valem cinco. Quanto valerá a flor cor de laranja? Simples: substitua a flor azul pelo valor dela, ou seja, cinco. Agora passe o 3 para o lado esquerdo do igual (fica, portanto, – 3) e a flor cor de laranja para o lado direito (assim o valor já não é FL – flor laranja – negativo, mas passa a ser positivo). Substituindo os valor que já conhecemos, obtemos que FA – FL = 3 equivale a 5 – 3 = FL e que, sendo assim, a flor laranja vale dois.

Pronto, a parte difícil já passou. Agora sabemos que a flor cor-de-rosa vale 20, a flor azul vale cinco e a flor laranja vale dois. Na última linha do problema, basta substituir as flores por estes números e obtemos que FL + FR x FA = 2 + 20 x 5. Agora um pormenor: os produtos (isto é, as multiplicações) têm prioridade matemática em relação às somas. Por isso não podemos somar 2 + 20 e depois multiplicar 22 por 5: primeiro deve multiplicar-se 20 por 5 (que dá 100) e depois somar o valor a 2. E descobrimos que o ramo de flores vale 102.

Posto isto, podemos todos voltar às nossas vidas normais. Com flores coloridas, mas de preferências sem grandes problemas.