O jamaicano Usain Bolt, que já conquistou seis títulos olímpicos, desistiu na sexta-feira de participar na final dos 100 metros das qualificações jamaicanas para o Rio2016, devido a uma lesão muscular.

O bicampeão em título dos 100, 200 e 4×100 metros referiu que sofreu uma lesão muscular na coxa esquerda, o que o deixa em dúvida para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

Apesar de não ter disputado a prova de qualificação, Bolt poderá ir aos Jogos Olímpicos, uma vez que os regulamentos da federação jamaicana preveem que um atleta pode ser convocado se uma lesão o tiver impedido de participar.

Contudo, Usain Bolt terá ainda de testar a sua condição física no ‘meeting’ da Liga Diamante em Londres, a 22 julho, no local onde conquistou os seus três últimos títulos olímpicos.

“Eu pedi um atestado médico para ser dispensado da final dos 100 metros e do resto dos Campeonatos Nacionais. Vou procurar tratamento imediato e espero mostrar boa forma nos Jogos do Aniversário de Londres a 22 julho para merecer a convocatória para os Jogos Olímpicos do Rio”, afirmou, em comunicado.

A lesão impediu Bolt de correr a final, ganha pelo antigo campeão do mundo Yohan Blake, com um tempo de 9,95 segundos, seguido de Nickel Ashmeade (9,96), Jevaughn Minzie (10,02) e Asafa Powell (10,03).

“Depois de sentir um desconforto na minha coxa depois da primeira eliminatória na última noite e de novo na meia-final de hoje [sexta-feira] à noite, fui examinado pela diretor médico dos Campeonatos Nacionais e fui diagnosticado com uma lesão de grau 1”, revelou Bolt.

Uma lesão de grau 1 é considerada a menos grave e o tempo de recuperação não costuma ultrapassar uma semana.