Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Mais de 50 antigo lutadores de wrestling estão a processar a World Wrestling Entertainment (WWE) por danos cerebrais e encefalopatia. Os atletas queixam-se de traumatismos cranianos e de vários ferimentos que se foram acumulando ao longo dos anos devido à rotina da carreira na empresa de wrestling profissional.

A queixa afirma ainda que a WWE falhou em ajudar os wrestlers quando existiam lesões mais graves. A WWE respondeu que se trata de uma tentativa ridícula e sem fundamentos.

A WWE foi fundada em 1980 e é a maior empresa de wrestling profissional dos EUA, sendo transmitida em mais de 150 países e com cerca de 36 milhões de espetadores.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR