Como não podia deixar de ser, também o Range Rover, o expoente máximo da oferta da Land Rover, voltou a passar pelas mãos dos especialistas da SVO, a divisão de veículos especiais da marca de Solihull. O resultado é o novo Range Rover SVAutobiography Dynamic, a nova versão de topo do reputado todo-o-terreno britânico.

Primeiro destaque, o recurso ao motor 5.0-V8 Supercharged, com nada menos do que 550 cv de potência e um binário máximo de 680 Nm. Combinado com a caixa automática ZF de oito relações, permite ao modelo cumprir os 0-100 km/h em não mais do que 5,4 segundos.

Ao contrário do Range Rover SVAutobiography LWB (long wheelbase – de distância entre eixos alargada), o Range Rover SVAutobiography Dynamic é proposto exclusivamente na versão SWB (short wheelbase), com distância entre eixos tradicional, confirmando o seu carácter mais dinâmico também pelo recurso a uma suspensão de configuração específica, definida para optimizar a agilidade sem comprometer o conforto de marcha. Para tal conta, por exemplo, com mangas de eixo, tirantes, molas e amortecedores específicos, que reduzem em 8 mm a altura ao solo face a um range Rover convencional.

No mesmo sentido trabalha o Dynamic Response, destinado a reduzir o rolamento em curva. Um sistema que controla os eixos dianteiro e traseiro de forma independente, monitorizando os movimentos do veículo até 500 vezes por segundo, reagindo às solicitações do condutor e às alterações do piso, e adaptando o amortecimento em conformidade, para garantir um maior controlo em curva.

Distintivas desta versão são também as duas ponteiras de escape duplas com acabamento cromado, calibradas para maximizar a sonoridade do poderoso V8, e as pinças de travão oriundas da Brembo, pela primeira vez utilizadas por um range Rover e, neste caso, pintadas de vermelho. O mesmo acontece com as grelhas laterais, o capot, a grelha, os frisos do pára-choques dianteiro, o anagrama Range Rover e a tampa da bagageira com acabamento em grafite, e com as jantes de 21” e 22” propostas com três acabamentos exclusivos.