Fábio Porchat, um dos principais rostos do grupo Porta dos Fundos, estreou na noite de quarta-feira um programa de televisão, em nome próprio, na Record. Apesar de o canal não ser um dos mais populares entre o público brasileiro, o Programa do Porchat ultrapassou as audiências dos programas rivais, transmitidos depois da meia-noite.

Apesar dos riscos, o canal de televisão parecia confiante. Antes do talk-show estrear, já depois da meia-noite de quarta-feira, a equipa da Record reuniu-se num bar em Perdizes, na zona oeste de São Paulo, e preparou-se para comemorar. Assim que os números iniciais foram divulgados, que apontavam o Programa do Porchat como líder das audiências da madrugada, a equipa abraçou-se e brindou, de acordo com o relato do Estadão.

Segundo avança o jornal, o talk-show do criador da Porta dos Fundos reuniu uma média de 8,8 pontos no mercado televisivo da Grande São Paulo, sendo que cada número corresponde a 69,4 mil domicílios. Os resultados são superiores à meta estipulada pelo canal de televisão (6 pontos).

Além disso, o Programa do Porchat conseguiu ultrapassar as audiências dos programas rivais de Jô Soares, transmitido dentro do mesmo horário no canal Globo, e de Danilo Gentili, do SBT. No que diz respeito aos números, Jô Soares atingiu apenas 6,5 pontos e Gentili 4,9 pontos, valores bem inferiores aos registados pela Record.

O Programa do Porchat teve como primeiros convidados duas personalidades pouco conhecidas entre os brasileiros — Sasha Meneghel, filha da atriz, cantora e apresentadora de televisão Xuxa, e Wesley Safadão, cantor de forró –, o que reflete a dificuldade em encontrar entrevistados que não estejam sob a alçada da Globo.

Além de responderem a questões colocadas pelo humorista, os dois convidados participaram em vários jogos. Ao longo do programa houve também vários sketches, onde Porchat teve oportunidade de brilhar.