456kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 29.99/mês aqui.

Deputada discursa no parlamento enquanto amamenta filha

Este artigo tem mais de 5 anos

Uma deputada islandesa discursou esta quarta-feira no parlamento, ao mesmo tempo que amamentava a sua filha. Esta foi uma novidade no país que tem estado na primeira linha da igualdade de género.

Unnur Bra Konradsdottir, do Partido da Independência, levantou-se para intervir no Althingi
i

Unnur Bra Konradsdottir, do Partido da Independência, levantou-se para intervir no Althingi

Captura de Ecrã do vídeo disponibilizado no youtube

Unnur Bra Konradsdottir, do Partido da Independência, levantou-se para intervir no Althingi

Captura de Ecrã do vídeo disponibilizado no youtube

Uma deputada islandesa discursou esta quarta-feira no parlamento, ao mesmo tempo que amamentava a sua filha sob as luzes das câmaras televisivas que transmitiam em direto, um ato que descreveu como “a coisa mais natural do mundo”.

Unnur Bra Konradsdottir, do Partido da Independência, levantou-se para intervir no Althingi (parlamento), enquanto amamentava a sua filha de seis semanas.

“Ela não estava perturbada. Pelo contrário, ela poderia ter-se sentido incomodada se eu tivesse interrompido a amamentação para falar”, acrescentou Konradsdottir, que é mãe de três filhos, à agência noticiosa AFP.

A imprensa islandesa confirmou que esta foi uma novidade no país que tem estado na primeira linha da igualdade de género e deu ao mundo, em 1980, a primeira mulher eleita democraticamente para a chefia de um Estado, Vigdis Finnbogadottir.

A deputada salientou que as exigências e responsabilidades da vida política não alteravam os seus deveres de mãe.

“É como qualquer outro emprego. Você tem de fazer o que tem de fazer”, disse.

A amamentação em público tornou-se uma questão polémica em vários países. Para a deputada islandesa, porém, “é a coisa mais natural do mundo”.

Eleita para o parlamento em 2009, Konradsdottir integra a comissão parlamentar de proteção social e dirige a dos assuntos de educação.

A página está a demorar muito tempo.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Este artigo só pode ser lido por um utilizador registado com o mesmo endereço de email que recebeu esta oferta.
Para conseguir ler o artigo inicie sessão com o endereço de email correto.