292kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica. Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Poupe na sua eletricidade com o MEO Energia. Simule aqui.

Acidente provoca 4 mortos num parque de diversões na Austrália

Este artigo tem mais de 4 anos

Um acidente numa atração num parque de diversões, na Austrália, provocou a morte de quatro pessoas. A informação foi confirmada pela Polícia de Queensland.

i

DAN PELED/EPA

DAN PELED/EPA

Pelo menos 4 pessoas morreram num acidente no parque de diversões Dreamworld, na Austrália. A informação foi confirmada pela Polícia de Queensland.

Segundo o The Guardian, as vítimas foram duas mulheres e dois homens, com idades entre os 32 e os 40 anos. Um representante do parque afirmou a um jornalista deste jornal que o parque foi imediatamente encerrado após o acidente e continuará assim até quarta-feira.

O diretor executivo do parque Dreamworld, Craig Davidson, afirmou estar “profundamente em choque” e acrescentou que as vítimas ainda não foram “formalmente identificadas”.

A Dreamworld está a trabalhar o mais rapidamente possível para esclarecer os factos em torno do incidente e está a trabalhar de perto com as autoridades (…) O foco e prioridade da Dreamworld são as famílias dos envolvidos nesta tragédia e iremos atualizar o público assim que a informação estiver disponível” disse a empresa em comunicado

De acordo com o jornal britânico Telegraph, as causas do acidente, que ocorreu na atração Thunder River Rapids, foram uma aparente mal formação no cinto de segurança. Um representante dos Bombeiros de Queensland afirmou que “duas pessoas foram projetadas da atração e que outras duas ficaram presas no interior”. No entanto, o diretor executivo não confirmou esta informação.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Uma testemunha que estava prestes a entrar na diversão disse que “toda a gente estava a gritar” depois de o barco se virar.

Este parque é considerado o maior da Austrália e conta com mais de 50 atrações. A atração em causa abriu em 1986 e segundo site do parque, os rápidos podem atingir os 45km/h.

A polícia irá dar uma conferência de imprensa para esclarecer o sucedido. A mesma fonte afirmou na conta de Twitter que estavam a lidar um um “acidente crítico” no parque Dreamworld.

O presidente da câmara da cidade de Gold Coast já veio dizer que “é um dia triste para a cidade”.

O Telegraph diz que o atleta olímpico Matthew Centrowitz esteve no parque quando aconteceu este incidente e andou naquela diversão 15 minutos antes.

Recomendamos

A página está a demorar muito tempo.