O marido da ex-ministra das Finanças Maria Luís Albuquerque chegou esta segunda-feira a acordo em relação ao processo pelos crimes de injúrias e difamação de que foi acusado por ameaças a um jornalista do Diário Económico. O acordo envolveu um pedido expresso de desculpas de António Albuquerque e o pagamento de 3 mil euros de indemnização, apurou o Observador.

Metade do valor da indemnização será para o jornalista alvo das ameaças, Filipe Alves, mas a defesa decidiu que a outra metade irá para uma instituição de solidariedade social, Casa da Praia. O Observador tentou falar com Filipe Alves e António Albuquerque mas nenhum dos dois se mostrou disponível para prestar declarações sobre a decisão deste caso que começou em setembro de 2014.

Nessa altura, o jornalista do então Diário Económico escreveu um artigo de opinião sobre a venda do Novo Banco e, na sequência disso, começou a receber SMS do marido de Maria Luís Albuquerque que era então ministra das Finanças. António Albuquerque, que tinha sido jornalista do Diário Económico até ao ano anterior, ameaçava Filipe Alves: “Tira a minha mulher da equação senão vou-te aos cornos”. As mensagens escritas não ficaram por aqui: “Metes a minha mulher ao barulho e podes ter a certeza que vais parar ao hospital”. E ainda: “Estás avisado se metes a minha mulher ao barulho nesta história vais parar ao hospital”.

António Albuquerque está ainda à espera da sentença relativa a uma acusação do Ministério Público por tentativa de coação, o que deverá acontecer ainda este mês.