Um novo vírus foi detetado nas redes sociais. É conhecido como Locky e está incluído na categoria de ransomware – vírus que se apodera do sistema operativo a fim de solicitar um pagamento ao utilizador para que o acesso lhe seja devolvido. O vírus é composto por um ficheiro encriptado e disfarçado numa imagem aleatória e está a espalhar-se pelo Facebook e LinkedIn.

O vídeo acima foi gravado pela Check Point Software Technologies, Ltd. para demonstrar como é fácil cair no erro de abrir a imagem infetada. Este vírus aproveita-se de falhas de segurança existentes em ambas as redes sociais.

Depois de o utilizador cair no erro de abrir a imagem, enviada através do chat de uma das redes sociais, o computador será infetado e o utilizador terá de pagar um montante exigido pelo proprietário do vírus para que este lhe devolva o acesso.

Segundo o The Financial Express, o tipo de programa onde este vírus é incluído não consta como um dos mais perigosos, o que acaba por o tornar mais perigoso ainda, uma vez que os sistemas de segurança não o vão considerar como uma grande ameaça por estar associado a uma rede social.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Segundo a mesma fonte, os responsáveis da CheckPoint entraram em contacto com as duas redes sociais para alertar quanto ao problema, mas não se sabe ainda que medidas estão a ser tomadas por parte do Facebook e do LinkedIn.

Para evitar o contágio basta que não efetue o download de nenhuma imagem que seja enviada através das redes sociais, para não correr o risco de ser o ficheiro infetado.