319kWh poupados com o
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica. Saiba mais

Logótipo MEO

Veja as melhores ofertas de telecomunicações aqui.

Chapecoense declarada oficialmente vencedora da Taça Sul-Americana

Este artigo tem mais de 4 anos

A Conmebol anunciou, esta segunda-feira, oficialmente, a atribuição da Taça Sul-Americana à Chapecoense, que assim garante lugar em mais duas competições.

i

Fernando Bizerra Jr./EPA

Fernando Bizerra Jr./EPA

A Chapecoense foi declarada oficialmente vencedora da Taça Sul-Americana de 2016 pela confederação sul-americana de futebol (Conmebol). A decisão, que já se adivinhava, foi oficializada após reunião do conselho daquela associação — que conta com os representantes de 10 países sul-americanos. É a última homenagem à equipa de Chapecó, que ia a caminho da final aquando do acidente de avião na Colômbia, no qual perdeu 19 dos seus futebolistas.

O título assegura à equipa 1,9 milhões de euros, um lugar na Supertaça Sul-Americana de 2017 (contra o Atlético Nacional) — mais 932.000 euros — e, pelo menos, a presença na fase de grupos da Taça Libertadores de 2017, onde ganha 560.000 euros por cada jogo em que participe.

Em comunicado, na sua página oficial, a Conmebol afirma ter recebido uma carta do Atlético Nacional a 30 de novembro a exprimir o desejo de tornar a sua adversária Chapecoense vencedora. Como para a Conmebol “não há maior demonstração do espírito de paz, compreensão e jogo limpo” foi atribuído ao Atlético Nacional o prémio do “Centenário Conmebol ao Fair Play”, no valor de cerca de 931.000 euros. A Conmebol Chapecoense pondera ainda alterar o nome do troféu para Taça Chapecoense.

A página está a demorar muito tempo.