Presidente Trump

Marcha das Mulheres contra Trump também em Portugal

2.373

Lisboa, Porto, Coimbra, Braga e Faro vão juntar-se ao mega protesto, conhecido como Marcha das Mulheres, previsto para este sábado em Washington e em mais de 60 países.

Pelo menos 161 protestos estão agendados em mais de 60 países dos sete continentes

J. Scott Applewhite / POOL/EPA

Cinco cidades portuguesas vão juntar-se ao mega protesto, conhecido como Marcha das Mulheres, previsto para hoje em Washington e em mais de 60 países para contestar o novo Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

O protesto acontece um dia depois de o controverso multimilionário ter prestado juramento como 45.º Presidente dos Estados Unidos.

Na capital federal dos Estados Unidos são esperadas pelo menos 200 mil pessoas, incluindo várias celebridades, segundo os organizadores da marcha americana.

Em Portugal, a Marcha das Mulheres tem início previsto para as 15h00 em Lisboa, Porto, Coimbra, Braga e Faro e pretende ser uma iniciativa de protesto contra o novo inquilino da Casa Branca e aos comentários sexistas e misóginos que proferiu durante a campanha presidencial, mas também uma ação para reafirmar a luta contra a questão do assédio sexual, segundo afirmou à agência Lusa Joana Grilo, a organizadora da iniciativa em Lisboa.

A promoção da igualdade de direitos para as mulheres e da defesa de grupos marginalizados também são outras das motivações do protesto.

Em Lisboa, a Embaixada dos Estados Unidos foi o local escolhido pela organização da marcha. No Porto, a iniciativa vai decorrer na Praça dos Poveiros.

A Marcha das Mulheres ganhou dimensão de movimento global e, segundo os organizadores, pelo menos 161 protestos estão agendados em mais de 60 países dos sete continentes. Nos Estados Unidos, estão previstas mais de 350 manifestações.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Estados Unidos da América

Meio termo /premium

Diana Soller

As eleições intercalares mostram, acima de tudo, que muito pouco mudou desde a vitória de Trump. Continuamos perante a uma América profundamente polarizado, sem qualquer vontade de se reconciliar.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)