Guatemala

Três ex-funcionários do Governo da Guatemala detidos por responsabilidades na morte de jovens

Três antigos funcionários do Governo da Guatemala, que eram responsáveis pelo orfanato onde um incêndio provocou a morte a pelo menos 40 adolescentes, foram detidos.

O incêndio provocou a morte a 40 pessoas

ESTEBAN BIBA/EPA

Autor
  • Agência Lusa

Três antigos funcionários do Governo da Guatemala que eram responsáveis pelo orfanato onde um incêndio provocou a morte a pelo menos 40 adolescentes, foram detidos esta segunda-feira, informou o Ministério Público. Os detidos são o antigo responsável pela Secretaria do Bem-Estar Social da Presidência Carlos Mejia, a antiga subsecretária Anahi Keller, e o diretor do orfanato, que deixaram os cargos depois do incêndio, ocorrido quarta-feira passada.

As primeiras investigações revelaram que os jovens afetados pelo incêndio, doze dos quais permanecem hospitalizados, estavam fechados à chave num pequena sala de aula e provocaram o fogo para denunciar violações e agressões sofridas.

Os antigos funcionários são acusados de crimes de “homicídio por negligência, incumprimento de deveres e abuso contra menores de idade”, segundo os mandados de captura emitidos pelo Tribunal de Primeira Instância. As autoridades da Guatemala pediram aos Estados Unidos para ajudar nas investigações ao incêndio.

Uma das linhas de investigação defende que as jovens estavam fechadas numa casa de castigo por terem tentado fugir e que, em protesto, incendiaram um colchão. O incêndio provocou a morte a 40 pessoas.

    Se tiver uma história que queira partilhar ou informações que considere importantes sobre abusos sexuais na Igreja em Portugal, pode contactar o Observador de várias formas — com a certeza de que garantiremos o seu anonimato, se assim o pretender:

  1. Pode preencher este formulário;
  2. Pode enviar-nos um email para abusos@observador.pt ou, pessoalmente, para Sónia Simões (ssimoes@observador.pt) ou para João Francisco Gomes (jfgomes@observador.pt);
  3. Pode contactar-nos através do WhatsApp para o número 913 513 883;
  4. Ou pode ligar-nos pelo mesmo número: 913 513 883.
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)