A chanceler alemã afirmou este sábado que, apesar de se procurar uma boa relação com o Reino Unido após a saída da UE, os países europeus devem estar unidos na defesa dos seus interesses durante as negociações com os britânicos. No primeiro Conselho Europeu formalmente com formato a 27, os líderes europeus demoraram menos de um quarto de hora para adotar as diretrizes da UE para as negociações com o Reino Unido.

“Até ao momento temos conseguido manter-nos no bom caminho e creio que é um bom ponto de partida para as negociações”, afirmou Angela Merkel à chegada à cimeira europeia destinada a definir as orientações para as negociações do ‘Brexit”, a saída britânica da União Europeia (UE).

No primeiro Conselho Europeu formalmente com formato a 27, os líderes europeus não precisaram de mais de um quarto de hora para adotar as diretrizes da UE para as negociações com o Reino Unido, como constatou o presidente da Comissão Europeia.

“Unidade em ação: a UE27 adotou as orientações sobre o artigo 50.º em menos de 15 minutos”, escreveu Jean-Claude Juncker na sua conta na rede social twitter.

Merkel agradeceu ao presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, ao da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker e ao chefe do bloco comunitário nas negociações, Michael Barnier, que, na sua opinião, prepararam o encontro “de forma excelente” para resolver o problema da aprovação das orientações e permitir que os líderes da UE se possam agora centrar nos próximos passos.