Ora aqui está um bom exemplo de que a teimosia raramente tem bons resultados! Na Turquia, mais concretamente em Istambul, onde o trânsito é do tipo “salve-se quem puder”, dois condutores decidiram entrar numa “guerra” à entrada de uma portagem. E, sem que qualquer um deles tivesse tido o discernimento de “colocar água na fervura”, acabaram vendo-se envolvidos numa situação, no mínimo, constrangedora. E que acabou por provocar umas boas gargalhadas dos demais condutores.

A situação, relatada pelos meios de comunicação locais, aconteceu num dos bairros da principal cidade turística da Turquia, Kartal, e teve como protagonistas o condutor de um Seat Toledo, e uma condutora de um Fiat Egea, conhecido como Tipo no mercado português. Os dois condutores, levando a teimosia para lá dos limites do recomendável, tentaram entrar ao mesmo tempo na portagem – prevista na Turquia, como em qualquer outro país para apenas um veículo –, acabando, como as fotos documentam, ensanduichados entre os pilares.

Única a prestar declarações aos jornalistas, a condutora do Fiat, de nome Sexer Kaya, relatou a sua versão dos acontecimentos: “Ia na minha via e um tipo veio da esquerda contra mim.” Versão que, ainda assim e ao vermos a forma perfeita como os dois carros ficaram lado a lado, não deixa de levantar dúvidas, pelo menos em relação a qual terá sido o mais teimoso.

“Naturalmente, acabámos por embater nas barreiras, com os vidros estilhaçados e ambos presos”, afirmou ainda a mesma protagonista. Reconhecendo, no entanto, que “é realmente uma má situação, aquela em que nos encontramos”.

A terminar, refira-se ainda que Kaya conseguiu sair do seu carro sem qualquer arranhão ou ferimento, o que já não aconteceu com o seu “oponente”. O qual terá terminado com alguns ferimentos leves… Mas, sobretudo, e a exemplo da própria Kaya, com o orgulho muito mais amassado do que o próprio corpo.

Os carros? Foram precisas três horas para que fossem retirados da posição em que se encontravam. Sendo que, a favor dos mesmos, fica a nota de apesar do embate não ter sido muito violento, todos os airbags, em ambas as viaturas, terem disparado. Inclusivamente os laterais do Seat. Já os condutores, pode ser que tenham aprendido a lição, sobretudo depois de pagar as reparações dos veículos e eventuais multas.